Coração apertado
Cabelo molhado
As ondas vão e vem
Levando você de mim
Num salto desesperado
Pulo em alto mar
Deixo a onde me levar
Aonde quer que você vá

Mas a maré subiu
E sem lugar pra me salvar
Sem lugar pra me agarrar
Me deixei afogar em suas ondas
Tão completas
Tão complexas

E agora eu tô perdida
Na imensidão desse mar
Sinto meu pulmão queimar
O frio invadir cada parte de mim

Então me atrevo a perguntar:
Mergulhei nesse lugar atrás de ti,
onde você está?
Achou um barco e remou pra longe de mim,
ou se afogou ao tentar fugir?

E entregue a pensamentos
Deixo a água salgada me invadir
Me levar,
Me lavar,
Muito tarde pra sair,
Muito tarde pra me encontrar,
Muito tarde pra sorrir
Me perdi na imensidão do teu olhar
E entregue a ti,
Deixei-me inflamar,
Armar
Amar
E no fim de tudo
Sou apenas mais uma vítima de sereias
Perdida
Na imensidão do mar


~Gabby L.R~

    Oi gente, tudo bom???
    Sei que vocês já devem estar cansados desse assunto, e não aguentam mais ler e nem ouvir sobre, porém peço a voces que leiam até o final,porque o que eu vou falar aqui é importante e preciso que vocês me dêem atenção. OK? OK
    Há algumas semanas, começou a ser divulgado o "Desafio da Baleia Azul" em TODOS os veículos de informação que conhecemos. Rádio, televisão, jornais impressos, internet..... E com essa onda de informação as pessoas começaram a reagir sobre o assunto, porém fizeram isso de maneira terrivelmente errada.
   
      O "Desafio" em si começou em 2013 na Rússia, mas ganhou fama esse ano devido a sua repercussão. Como todos já sabem, esse jogo se baseia em 50 desafios,sendo o último deles tirar a própria vida.
O jogo rendeu o que falar, essa é a realidade. Se você jogar no google "desafio da baleia azul" aparecerão diversos resultados como: "garota se mata por causa do jogo Baleia Azul", "Garoto se automutila por causa do jogo Baleia azul", "Baleia Azul e suicídio? obra de satanás", "famílias e igrejas contra o Baleia Azul", "Baleia Azul: Arma do anticristo?", "Não deixe o Baleia Azul destruir sua família" e etc.
    Mas será que realmente é o jogo que está matando as pessoas? As pessoas entrariam em um jogo desses sabendo seu final??
    Não é um jogo que está matando as pessoas, são vocês.
    Já pararam pra pensar em quantos memes isso rendeu?? Quantas piadas foram feitas as custas de quem entrou nesse "brincadeira"??
    O jogo é um pacto de suicídio, e uma pessoas saudável,física e psicologicamente,não entraria nessa.
     Não surpreende a vocês que uma das series com mais audiência na Netflix seja "13 Reasons why" a qual o assunto tema é suicídio?


     Vi muitas postagens na internet sobre como quem está jogando o "Baleia Azul" não levou surra suficiente, não transou suficiente (sim, muitos textos e videos sobre isso. De acordo com alguns é tudo falta de "rola"), dizem também que essas pessoas estão sem o que fazer, sem contar os posts como esses abaixo:











Olha, quem me mandou isso no wpp mandou as mesmas piadinhas aí de cima. Agora me fala, cade a moral pra falar sobre os ''mandamentos''????? Onde está o tãaaao pregado ''amor ao próximo?

Por coisas como essa as pessoas se matam. Se ponham no lugar dessa garota. 

    Vocês não se sentem culpados compartilhando esse tipo de coisa???
     Esse jogo não se trata de "drama", "falta de rola", ou mesmo "falta de Deus", esse jogo é algo sério e devia estar recebendo a seriedade que merece. As pessoas entram nele por diversos fatores, mas o principal deles é a depressão.
    
    Depressão não é brincadeira, depressão não é drama.



    O que eu achei MEGA INTERESSANTE é que depois da divulgação do jogo, diversos pais encontraram seus filhos cheios de cortes no corpo, viram que seus filhos estavam tristes e passavam muito tempo isolados. Onde esses pais estavam antes? Compartilhando correntes sobre amor no whatsapp??
    O Brasil é um dos países com mais índices de suicídio no mundo, e mesmo assim, as pessoas só pararam pra perceber isso agora, quando essa estatística foi levantada a bons anos atrás. Porque só agora as pessoas estão se preocupando com mutilação e suicídio?
    Onde estavam os pais desses jovens? E seus amigos?
    Você pode estar lendo esse texto e pensando : "como a Gabby é babaca, não acredito que ela tá colocando a culpa nos pais dessas pessoas, elas escolheram se matar, os pais não tiveram culpa". Pois eu digo que tiveram sim. 
     Vocês, pais e mães que estão lendo esse texto, saibam que quem escreveu foi uma garota de 15 anos, que mal sabe o que quer fazer da vida, e mesmo assim está aqui tentando abrir o olho de vocês e da sociedade em geral.
      

     Já pararam pra pensar como é conviver com a depressão? Se imaginem em um lugar escuro, pequeno, abafado, sem janelas, e você dentro desse lugar, sentindo medo, raiva, frustração, tristeza, vazio e ansiedade e sem poder se livrar de nenhuma dessas emoções. Agora multiplique por 1000. Pronto, agora você tem uma leve idéia.
   

    Já parou pra pensar como é sofrer bullying? Ser ridicularizado, excluído socialmente, levar surras físicas e psicológicas pelos simples fato de ser você? Pois bem, enquanto você faz piadas, é isso que têm acontecido. Gays, negros, gordos, magros, lésbicas, transsexuais, travestis, deficientes físicos. Todos eles, pagando por dívidas que eles não construíram, pagando por dívidas feitas em suas mentes fechadas e em seus corações desconstruídos.

      Eu odeio o fato de ver gente como vocês pregando o amor. Vocês não têm moral pra isso.

     E a vocês, pais, aqui vai um conselho: Não invada a privacidade dos seus filhos. Conheçam seus filhos e assim vocês não terão que invadir a privacidade de ninguém. É melhor prevenir do que remediar.
     Quantos de vocês chegam em casa estressados e não dão a minima atenção a seus filhos? A quanto tempo você não escuta ou diz um "eu te amo"? Ao invés disso, se ocupam com redes sociais e outras besteiras.
     O seu filho pode estar sofrendo pra caramba nesse momento, jogando baleia azul, enquanto você compartilha suas piadas sobre esse assunto e ridiculariza abertamente o sofrimento alheio.
     Enquanto você RI e faz piadas, quantas pessoas estão chorando a morte de parentes e amigos?
     Alguns pais acham que dão tudo a seus filhos, afinal, eles têm o ultimo modelo de celular lançado, tem casa, comida boa, empregados, pessoas pra fazerem suas tarefas de casa, dinheiro pra sair e comprar o que bem quiserem.... Mas, já ouviram a frase "dinheiro não compra felicidade"? Comecem a levá-la ao pé da letra, pois realmente, ele não compra.
    As pessoas precisam de atenção, e ela está extinta ultimamente. Um abraço, um cafuné, ou um "eu estou aqui", salva bem mais pessoas que suas piadinhas.
    Não adianta ficar preocupado com a "Baleia Azul". Vieram muitos jogos menos conhecidos antes desse,e aparecerão muitos mais depois, podem ter certeza. A diferença começa com a sua mudança de atitude e pensamento.


                                              Não falta amor, falta amar



~Gabby L.R~
           





         Ser uma pessoa sensível é uma merda. Sério mesmo, não tem coisa pior. Nos afetamos por qualquer coisa e ainda temos esse ''pequeno'' fato usado propositalmente contra nós.
          Vivemos em meio a jogos psicológicos, nos quais nossas emoções, dores e medos nos empurrando contra a parede o tempo todo.
         ''Pessoas sensíveis, muitas vezes são castigadas por serem sensíveis, como se o fato de ser sensível já não fosse castigo suficiente.''
          Não sei bem o que queria com esse texto, mas espero que vocês, leitores tomem cuidado com esse tipo de coisa, com esses jogos psicológicos. Não deixe que façam de ti uma arma contra você mesmo; pois existem muitas pessoas cruéis disfarçadas de boas pessoas e elas te farão sofrer propositalmente.

~Gabby L.R~

        




        To me afastando de tanta gente ultimamente que daqui a pouco a solução vai ser falar com as plantas. E isso não é ruim , nem um pouco, na verdade. Tenho tido mais tempo pra mim, tempo pra me conhecer.
       Ficar ao lado de pessoas tóxicas, vai nos intoxicando aos pouquinhos, e vai tapando nossa respiração até que estejamos morrendo sufocados, e quando já estamos nesse estágio é difícil parar e retomar o ar.
        Se isolar não é ruim , na verdade ás vezes é uma necessidade de sobrevivência, sabe? Se isolar para pensar, beber uma xícara de café quentinho, ouvir sua música preferida enquanto escreve poemas.
         Se afogue em você.

~Gabby L.R~


Olá pessoas, unicórnios e seres em geral
Tudo bom com vocês??
Por favor, não me matem, ainda dá tempo pra playlist do mês? Espero que sim ♥ haha

Então sem enrolar, vamos começar

                            PLAYLIST DE MARÇO

Tássia Holsbach
* Desarrumar
* Facilito
* O que eu não dei pra ninguém
* Tão Bem

Legião Urbana
*Meninos e Meninas
*Há Tempos
*Índios
*Quase sem Querer

AnaVitória
*Cor de Marte
*Barquinho de Papel
*Trevo(tu)
*Dengo

Danni Carlos
*Coisas que eu sei
*Navio
*Música Nova
*Cinema

Clarice Falcão
*Vagabunda 
*Clarice
*Se esse bar fechar
*Como é que eu vou dizer que acabou

Cimorelli
*You're worth it
*Renegade
*Acid Rain
*I got you

Switchfoot
*Dare you to move
*This is home
*Meant to leave
*Stars


Tem umas músicas aí que são mais velhas que eu, espero que tenham gostado do post.


~Gabby L.R~

 
   


     Em uma noite lá pelas 23:00 horas, Clara estava saindo de casa para ir a uma boate com seus amigos. Se arrumou todinha e se sentia maravilhosa. Já pronta desceu de seu apartamento que ficava no oitavo andar e foi direto a portaria. O porteiro, muito simpático se ofereceu para chamar um táxi,o qual ela recusou educadamente. A noite estava linda demais para passear de carro.
     A boate que Clara iria ficava a apenas dois quarteirões dali e era extremamente conhecida na cidade. Os amigos já estavam a sua espera.
      Clara que havia chegado na cidade a apenas três meses ainda se encantava com todas as suas luzes. Sua namorada, Anne, havia nascido ali e já lhe mostrara boa parte da cidade.
       Clara já estava apenas a um quarteirão da boate, resolveu cortar caminho e entrou em uma rua pouco movimentada,e a partir desse momento ela se tornou o que a sociedade determina como uma puta.
       A rua estava deserta como sempre, mas havia algumas donas de casa fumando em suas janelas. Isso fez Clara se lembrar de sua de sua família,que morava em uma cidadezinha do interior .      
      Após andar alguns metros pela rua, ela percebeu um movimento entre as sombras e se assustou. Pegou a bolsa que carregava e tirou de lá um canivete que sempre carregava consigo. Foi nessa hora que um rapaz saiu das sombras que se estendiam pela rua. Ele tinha um porte forte e atlético. Estava bem vestido, com um beck nas mãos e claramente alterado.  Ele se pos em frente  Clara e a impediu de seguir caminho.
    -Onde a moça bonita tá indo?- perguntou ele com a voz embargada
     Clara, já atônita demais pra falar alguma coisa,apertou o cabo do canivete entre as mãos e tentou seguir caminho.
     -A moça não vai responder? -tornou a perguntar o rapaz,mas dessa vez a segurando pelo braço com uma força brutal.
      Clara em um movimento rápido pegou o canivete e desferiu um golpe na mão que a segurava e correu na maior velocidade que conseguiu. O rapaz agora machucado, alterado e furioso correu atrás dela, segurando-a e empurrando contra a parede.
     -Sua vagabunda, olha o que você fez comigo! -Ele esbravejou lhe dando um soco no rosto.
      Nesse momento ,Clara que já estava aos prantos, tentou gritar por ajuda, mas já não via as mulheres na janela e o agressor lhe tapou a boca.
       -Você não devia ter feito isso sua puta -Ele disse e a empurrou pras sombras.
         Ele a estrupou e matou,da forma mais covarde que se possa imaginar: com o canivete que ela mesmo havia carregado para se proteger.
       
        As senhoras que fumavam na janela alguns minutos antes, viram tudo,mas não chamaram a polícia ,muito menos pensaram em ajudar. Deram os ombros e foram se deitar.
         E enquanto tudo isso acontecia, os amigos e a namorada de Clara começaram a se preocupar com a sua demora e se dirigiram ao prédio onde ela morava. Chegando lá foram informados pelo porteiro que ela havia saído a mais de uma hora. Já desesperados, eles telefonaram para polícia e deram nota sobre o desaparecimento.
        Os amigos de Clara foram embora com o coração na mão e Anne subiu pro apartamento de Clara para o caso de ela chegar durante a madrugada.
        Ela esperou e esperou, até que acabou adormecendo, estirada no sofá. Acordou as 10hrs com o celular tocando. Era Tiago,um dos amigos que iam a boate na noite anterior.
     -Alô,Tiago?
     -Anne -disse ele com voz chorosa- Você pode descer aqui na portaria?
    -O que aconteceu Tiago?
    -Só vem pra portaria Anne. Por favor!
    Anne, já pressentindo o pior correu pro elevador. Ao chegar a portaria encontrou vários policias no saguão, e seus amigos com olhos vermelhos e inchados.
   Um policial veio em sua direção ,com olhos frios e calculistas,e sem um pingo de compaixão na voz lhe disse:
    -Clara está morta. Foi encontrada assassinada a um quarteirão e meio daqui. O corpo já foi enviado ao legista para ser analisado. Já avisamos a família e o corpo da garota será mandado a cidade natal.
     Anne desabou em lágrimas com um grito agonizante que veio do fundo de sua garganta. Foi consolada pelos amigos que também choravam.
      Clara foi velada e enterrada dois dias depois, na cidade de Passa Vinte, no sul de Minas.
     Sua morte foi noticiada no rádio,internet e televisão e consequentemente seu assassino foi encontrado. Este era filho do dono de uma grande multinacional, e pagou a fiança. Está em liberdade e mudou de país mantendo assim a reputação limpa.  Seu pai abafou o escândalo com alguns milhares de dólares.
       Clara, a garota que teve um preço pago com a vida,ficou conhecida como uma garota perdida, uma puta. Dizem por ai que ela pediu pra ser estrupada,afinal se ela estivesse dormindo ou lavando a louça isso não teria acontecido.
        Alguns cristãos falam por ai que foi castigo de Deus e que ela mereceu o fim que teve. Afinal era "sapatão", e Deus abomina homossexuais e manda todos pro inferno.
       Clara representa muitas mulheres nos dias atuais. Assediada, estrupada, vítima e morta, mas no fim, a culpada por tudo foi ela mesma. No fim da história ela é apenas mais uma puta pagando por pecados que outra pessoa cometeu, pagando o preço por ter sido morta.

~GabbyL.R~                  




Dica: Leia ouvindo All About That Bass - Meghan Trainor

    Dia desses tava conversando com uma das minhas amigas e de repente surgiu o assunto: pessoas que vivem de farsas.
     Ela tava com baixa auto estima, porque aparentemente tinha uma moça tumblr e sem defeitos dando em cima do namorado dela.
     Eu dei conselhos, e comentei sobre como as pessoas não mostram a parte ruim de suas vidas nas redes sociais. 
     No Instagram e Facebook por exemplo, você não vai ver pessoas postando sobre como estão tristes,magoadas e com a autoestima baixa.
     E quer saber? Foi algo dito e feito.
     Ela veio almoçar na minha casa e o assunto surgiu outra vez. A mesma garota perfeita e sem defeitos do facebook, saiu pra trabalhar com um "bad  hair day" enorme e uma cara de sofrida. Quase irreconhecível. 
     E isso não é um problema. Longe disso. Ela é humana e tem uma vida normal como qualquer outra pessoa. Com dias bons e ruins.
     E isso não é o único exemplo. Muitas famílias postam fotos sorrindo e se abraçando, mas a verdade é que vivem um verdadeiro inferno na vida real.
     Então eu vim dar pra vocês o mesmo conselho que eu dei pra ela: Não se iluda com a vida alheia, as pessoas não vivem em contos de fadas cheios de finais felizes.
     Cada pessoa é feliz a sua maneira. Algumas comendo, tirando fotos, outras lendo e outras jogadas no sofá de frente a televisão. 
      Você não tem que se inspirar na família, no sorriso ou no corpo de alguém para ser feliz.
      Não se sinta atingido pelos sorrisos e fotos de fins de semana que você vê por aí.Tire suas próprias fotos e admire sua própria felicidade.
      Você pode ser muito feliz sem comparar sua felicidade e beleza com a do coleguinha.
      Não tem necessidade de ter o corpo perfeito do Instagram, não precisa de roupas caras ou produtos da kyliecosmetics para ser linda e feliz. 
      Apenas faça as maluquices que te der na telha e viva da maneira intensa que conseguir.

      Felicidade não se expõe, se vive.




~Gabby L.R~
Tecnologia do Blogger.