Sobre se Apaixonar ♥

/
0 Comments
     


    
    Gosto sim de me fazer de durona.
    Não gosto de ser igual a todas aquelas garotas que se apaixonam e viram um bando de tapadas, que se esquecem da própia existência. Gosto da minha independência, de ser livre e de não me prender a nada.
    Gosto de passar para as pessoas a aparência de uma pessoa alegre, louquinha de tudo, despreocupada e de boa com a vida. Detesto me sentir assim.
    To escrevendo isso, e que pelos céus tomara que você nunca leia. Devo admitir que possivelmente estou apaixonada. Gostando de você de verdade. E isso é realmente horrível, devo dizer.Não fazia parte dos meus planos, eu juro, mas a vida sempre me dá umas rasteira pra mostrar que é ela quem manda. Quem foi mesmo que disse a frase ''o amor é lindo''?? Sou bem mais time ''o amor é uma droga''. Minha sorte é você ainda não ter percebido, a última vez que aconteceu não acabou nada bem (pro meu lado), desmontaram meu coração como peças de LEGO.
     Mas não posso me conter ou deter os sentimentos, essa é a parte mais horrível. O que deu em mim, procurando pistas de que você sinta a mesma coisa? Lembra daquele dia em que você chegou de repente e me mostrou aquela música? . O que foi aquela letra?? Eu realmente fiquei com aquilo na cabeça. Ou então quando aqueles seus olhos de ônix pareciam me observar tão profundamente que eu juraria que você estava lendo minha alma. Eu tentei disfarçar meus sentimentos nas duas vezes, mas talvez meu rosto queimando tenha me denunciado.
     Eu queria que fosse mais fácil, sabe? Todo esse lance de reciprocidade? Você ao menos sabe o que a palavra significa?
     Se Afrodite realmente existisse, eu diria que ela tem um interesse um tanto que peculiar na minha vida.
      Eu só queria mesmo é sentir os teus lábios encostando nos meus, sua mão me puxando pela cintura e me levando a um lugar seguro, como naquele nosso passeio ao campo no fim de semana, quando você sussurrou qualquer coisa em meus ouvidos e todo meu corpo se arrepiou. Quero deitar em teu colo enquanto você acaricia meus cabelos que se balançam com a brisa.
       Então só para finalizar essa ''carta'' que você provavelmente nunca vai ler na vida, queria deixar claro que não sei mais a linha entre o certo ou o errado, entre presente ou deja vú, entre o lúcido e o louco, entre o real e o fictício, então devo me permitir te perguntar uma coisa: Será que você me ajuda a entender essa bagunça e colocar tudo no lugar outra vez??


~Gabby L.R~



You may also like

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.