Amiga, eu sempre estarei aqui

/
0 Comments
   




    Oii pessoas e unicórnios, tudo bom com vocês??

    Bom, hoje eu realmente queria trazer algo MEU para vocês, algo sobre amizade. Porém...... Eu não tava conseguindo me expressar do modo como eu queria, com as palavras que eu acho necessárias.
    Meus amigos as vezes ficam distantes, e o que eu mais quero é ajudar, e eu queria achar um modo de escrever sobre isso e mostrar como eu realmente me importo e que amizades não são apenas para sorrir e festejar, mas para passar junto pelos momentos difíceis. Então eu encontrei esse texto, de uma blogueira que eu adoro e que leio os textos ''diariamente'' e ele expressou tudo o que eu queria dizer, por isso vim trazer ele para vocês. Espero que gostem tanto quanto eu.


♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥
                                       

AMIGA, EU SEMPRE ESTAREI AQUI


Amiga, pode se abrir comigo: eu sei que, aí dentro, as coisas não estão fáceis.
O que ainda não entendo, por enquanto, são os teus motivos. O que te fez olhar para baixo e enxergar a vida de um jeito bem diferente daquele como antes enxergávamos, aquilo que te faz se perder em nossas conversas, deixar o olhar viajar longe, encurtar as horas de diversão que sempre te fizeram feliz e dar sorrisos forçados só para corresponder ao que estou contando.
Olha, nestes dias em que só eu falo, sei que você poderia me dizer um monte de coisas também, mas acaba optando pelo tradicional “sem novidades, está tudo bem!”. Eu percebo que, por aí, as coisas não estão nada legais, e entendo que cada palavra que sairia da sua boca em caso de desabafo seria difícil de dizer. É por isso que você prefere se calar.
Mas, ei! Qual é o sentido?
Uma amizade real não existe só nas fases bonitas da vida: ela é assim justamente por se manter e se fortalecer principalmente quando estamos em momentos encobertos. Nestas horas, tenha certeza, você também pode – e deve – se apoiar no meu ombro para eu te ajudar a voltar à luz.
Se te escolhi como companheira de uma vida toda, eu já sabia que dias assim viriam. E, mesmo sem contrato, cerimônia, juramento ou promessa, deixei muito certo aqui no meu coração que seria uma defensora incansável da sua felicidade genuína. 
Por isso, só queria te lembrar que você não é um tesouro que fica lá no fundo do mar, escondido. Enquanto você está aí, o tempo vai passando e deixando tudo mais escuro, perdido, encoberto por mil e uma espécies de algas que vão complicando a tua volta à margem.
E, quando a gente fica nessa, vai se deixando afundar mais e mais. O pedacinho de luz que vem lá de cima parece irreal, eu sei, e por isso não nos deixamos voltar para a superfície.
Vê? Mudam as proporções, mas é assim com todo mundo. Não sei se saberei lidar bem com todas as experiências da sua vida, dando aquele conselho certeiro, encontrando o motivo e também a solução, mas é certo que eu jamais desistirei de tentar.
É sério, só acredite e, se achar que é a hora certa, perca o receio e se abra. Eu vou compreender se por aí tiver um montão de teias: todos nós passamos por dias de ausência das bonitas moedas douradas.
Ou então, não, nem precisa falar! Apenas demonstre saber que não está sozinha.
E você não está, porque eu tô bem aqui do seu lado.
Estou aqui pra isso e sempre estarei com você. 
Texto retirado do blog DEPOIS DOS QUINZE
Postagem por: AU SONSIN 


You may also like

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.