Blue whale

/
0 Comments

    Oi gente, tudo bom???
    Sei que vocês já devem estar cansados desse assunto, e não aguentam mais ler e nem ouvir sobre, porém peço a voces que leiam até o final,porque o que eu vou falar aqui é importante e preciso que vocês me dêem atenção. OK? OK
    Há algumas semanas, começou a ser divulgado o "Desafio da Baleia Azul" em TODOS os veículos de informação que conhecemos. Rádio, televisão, jornais impressos, internet..... E com essa onda de informação as pessoas começaram a reagir sobre o assunto, porém fizeram isso de maneira terrivelmente errada.
   
      O "Desafio" em si começou em 2013 na Rússia, mas ganhou fama esse ano devido a sua repercussão. Como todos já sabem, esse jogo se baseia em 50 desafios,sendo o último deles tirar a própria vida.
O jogo rendeu o que falar, essa é a realidade. Se você jogar no google "desafio da baleia azul" aparecerão diversos resultados como: "garota se mata por causa do jogo Baleia Azul", "Garoto se automutila por causa do jogo Baleia azul", "Baleia Azul e suicídio? obra de satanás", "famílias e igrejas contra o Baleia Azul", "Baleia Azul: Arma do anticristo?", "Não deixe o Baleia Azul destruir sua família" e etc.
    Mas será que realmente é o jogo que está matando as pessoas? As pessoas entrariam em um jogo desses sabendo seu final??
    Não é um jogo que está matando as pessoas, são vocês.
    Já pararam pra pensar em quantos memes isso rendeu?? Quantas piadas foram feitas as custas de quem entrou nesse "brincadeira"??
    O jogo é um pacto de suicídio, e uma pessoas saudável,física e psicologicamente,não entraria nessa.
     Não surpreende a vocês que uma das series com mais audiência na Netflix seja "13 Reasons why" a qual o assunto tema é suicídio?


     Vi muitas postagens na internet sobre como quem está jogando o "Baleia Azul" não levou surra suficiente, não transou suficiente (sim, muitos textos e videos sobre isso. De acordo com alguns é tudo falta de "rola"), dizem também que essas pessoas estão sem o que fazer, sem contar os posts como esses abaixo:











Olha, quem me mandou isso no wpp mandou as mesmas piadinhas aí de cima. Agora me fala, cade a moral pra falar sobre os ''mandamentos''????? Onde está o tãaaao pregado ''amor ao próximo?

Por coisas como essa as pessoas se matam. Se ponham no lugar dessa garota. 

    Vocês não se sentem culpados compartilhando esse tipo de coisa???
     Esse jogo não se trata de "drama", "falta de rola", ou mesmo "falta de Deus", esse jogo é algo sério e devia estar recebendo a seriedade que merece. As pessoas entram nele por diversos fatores, mas o principal deles é a depressão.
    
    Depressão não é brincadeira, depressão não é drama.



    O que eu achei MEGA INTERESSANTE é que depois da divulgação do jogo, diversos pais encontraram seus filhos cheios de cortes no corpo, viram que seus filhos estavam tristes e passavam muito tempo isolados. Onde esses pais estavam antes? Compartilhando correntes sobre amor no whatsapp??
    O Brasil é um dos países com mais índices de suicídio no mundo, e mesmo assim, as pessoas só pararam pra perceber isso agora, quando essa estatística foi levantada a bons anos atrás. Porque só agora as pessoas estão se preocupando com mutilação e suicídio?
    Onde estavam os pais desses jovens? E seus amigos?
    Você pode estar lendo esse texto e pensando : "como a Gabby é babaca, não acredito que ela tá colocando a culpa nos pais dessas pessoas, elas escolheram se matar, os pais não tiveram culpa". Pois eu digo que tiveram sim. 
     Vocês, pais e mães que estão lendo esse texto, saibam que quem escreveu foi uma garota de 15 anos, que mal sabe o que quer fazer da vida, e mesmo assim está aqui tentando abrir o olho de vocês e da sociedade em geral.
      

     Já pararam pra pensar como é conviver com a depressão? Se imaginem em um lugar escuro, pequeno, abafado, sem janelas, e você dentro desse lugar, sentindo medo, raiva, frustração, tristeza, vazio e ansiedade e sem poder se livrar de nenhuma dessas emoções. Agora multiplique por 1000. Pronto, agora você tem uma leve idéia.
   

    Já parou pra pensar como é sofrer bullying? Ser ridicularizado, excluído socialmente, levar surras físicas e psicológicas pelos simples fato de ser você? Pois bem, enquanto você faz piadas, é isso que têm acontecido. Gays, negros, gordos, magros, lésbicas, transsexuais, travestis, deficientes físicos. Todos eles, pagando por dívidas que eles não construíram, pagando por dívidas feitas em suas mentes fechadas e em seus corações desconstruídos.

      Eu odeio o fato de ver gente como vocês pregando o amor. Vocês não têm moral pra isso.

     E a vocês, pais, aqui vai um conselho: Não invada a privacidade dos seus filhos. Conheçam seus filhos e assim vocês não terão que invadir a privacidade de ninguém. É melhor prevenir do que remediar.
     Quantos de vocês chegam em casa estressados e não dão a minima atenção a seus filhos? A quanto tempo você não escuta ou diz um "eu te amo"? Ao invés disso, se ocupam com redes sociais e outras besteiras.
     O seu filho pode estar sofrendo pra caramba nesse momento, jogando baleia azul, enquanto você compartilha suas piadas sobre esse assunto e ridiculariza abertamente o sofrimento alheio.
     Enquanto você RI e faz piadas, quantas pessoas estão chorando a morte de parentes e amigos?
     Alguns pais acham que dão tudo a seus filhos, afinal, eles têm o ultimo modelo de celular lançado, tem casa, comida boa, empregados, pessoas pra fazerem suas tarefas de casa, dinheiro pra sair e comprar o que bem quiserem.... Mas, já ouviram a frase "dinheiro não compra felicidade"? Comecem a levá-la ao pé da letra, pois realmente, ele não compra.
    As pessoas precisam de atenção, e ela está extinta ultimamente. Um abraço, um cafuné, ou um "eu estou aqui", salva bem mais pessoas que suas piadinhas.
    Não adianta ficar preocupado com a "Baleia Azul". Vieram muitos jogos menos conhecidos antes desse,e aparecerão muitos mais depois, podem ter certeza. A diferença começa com a sua mudança de atitude e pensamento.


                                              Não falta amor, falta amar



~Gabby L.R~


You may also like

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.